Porque, todo filme é bom, o que atrapalha é a crítica. Ou não?

quarta-feira, 18 de março de 2009

Quem quer ser um milionário?



O azarão do Oscar 2009 é o filme fofuxo desse início de 2009. ‘Quem quer ser um milionário?’ (Slumdog Millionaire/ EUA/Inglaterra/2008), é a reunião da mais antiga fórmula do cinema para encantar as platéias: aventura, drama e romance. Não é à toa que o Diretor Danny Boyle levou fácil 8 estatuetas para casa.
O jovem Jamal Malik (Dev Patel), um pé rapado ajudante de call center, narra suas aventuras enquanto é interrogado pela polícia acusado de fraude, por ser o participante a ir mais longe no programa de maior sucesso da tv indiana ‘Quem quer ser um milionário?’. Ninguém acredita que Jamal acertou todas as respostas porque as perguntas estão intimamente ligadas a algum acontecimento marcante da sua vida.
O filme tem como pano de fundo a questão social da Índia, e no maior estilo ‘Cidade de Deus’ narra os rumos que a vida do protagonista Jamal (the good guy), seu irmão Salim (the bad guy) e a amiga e eterno amor de Jamal, Latika (Freida Pinto) tomam desde a infância.
O filme empolga por fazer o público embarcar junto com os personagens nessa aventura. Os pequenos Jamal e Salim são a coisa mais fofa desde Abigail Breslin em ‘Pequena Miss Sunshine’.
O filme emociona por falar de amor sem ser piegas, pois, o amor de Jamal por Latika é tão puro e a fórmula do romance é tão simples, que até a explicação óbvia para os encontros e desencontros dos personagens: o destino, é plausível para o público (e porque não?).
‘Quem quer ser um milionário?’ é uma aventura envolvente, um drama coerente e um romance tão bonitinho. E tudo isso se encaixa no roteiro bem escrito de Simon Beaufoy (que óbvio levou sua estatueta dourada também).
Não era meu favorito no Oscar, mas, é imperdível!

Trailer:


4 comentários:

Garota no hall disse...

Bonitinho, mas prefiro os primeiros filmes do Danny Boyle. O Oscar esse ano estava bem fraco, assisti mesmo pelo Hugh Jackman apresentando.

Cecilia disse...

Amei, amei, amei. Não sei se o melhor do ano, pois a competição era grande (e a maioria dos bons de verdade ficaram de fora), porém com certeza o meu preferido entre os indicados.

E você tem completa razão: o pequeno Jamal é fofo demais. Quase faleci quando eles apareceram no final, dançando. Já estava aos prantos, aí mesmo que caí de vez. :P

cinefilapornatureza disse...

Não sei ainda se esse era o meu favorito ao Oscar porque ainda tenho que ver outras obras indicadas neste ano, mas adorei esse filme do Danny Boyle. Acho que ele conquista por ter uma história que cativa e que nos deixa torcendo pelos personagens.

gustavo disse...

Pois é, ganhou o mais fofinho!
Eu prefiria "Milk", mas em momento algum acho o prêmio desmerecedor.